Kmaleon Entrevista Fleeg: Impacto Financeiro x Responsabilidade Social em Tempos de Coronavírus – com Silvio Costa

O impacto financeiro negativo que o coronavírus pode gerar na economia do país tem tirado o sono dos empreendedores e preocupado os colaboradores de maneira geral.

Temos observado diferentes opiniões por parte do governo sobre a quarentena que recentemente foi adotada no país. Por isso, alguns questionamentos e incertezas podem surgir aos profissionais durante esse período conturbado: a quarentena é o certo ou o errado?

O Silvio Costa, CEO da plataforma de Fleeg (CRM + Automação de Marketing), concedeu uma entrevista para o Mateus Castro, Co-Fundador da Kmaleon, explicando a sua opinião sobre como lidar com os seus colaboradores durante o home office e o que ele tem priorizado como mais importante neste momento.

“Entendemos que o impacto financeiro é inevitável, mas temos a responsabilidade, como empreendedores, de minimizar e transformar essa experiência assustadora em um grande aprendizado. Isso fará com que a gente saia dessa situação muito melhor do que entramos.”

Silvio Costa – CEO da Fleeg

Confira a Entrevista Completa a seguir:

Mateus Castro


Como vocês estão agindo para manter a operação funcionando frente ao Coronavírus?

Silvio Costa

Adotamos o home office e estamos disponibilizando uma estrutura adequada de comunicação internamente. Além disso, estamos dando autonomia total para o time tomar decisões de forma descentralizada.

Mateus Castro

Qual é a sua leitura sobre o trabalho Home Office e quais os desafios para se adotar a essa Prática como Cultura?

Silvio Costa

Os maiores desafios do home office, inicialmente, é a cultura popular. A interação com o uso de câmeras, com videoconferências, tem como objetivo de facilitar a comunicação e não para vigiar o time.

Além disso, uma vez que a liberdade é dada ao colaborador, não há nenhum problema que ele faça as suas atividades com conforto. Isso significa que ele pode atender a porta, pegar o seu cachorro no colo, ou mesmo dar um pouco de atenção aos filhos.

Toda essa construção com o seu time, deixa os seus colaboradores a vontade, além de criar uma sinergia e segurança para um ambiente de trabalho em casa.

Mateus Castro

Quais são os maiores desafios e preocupações de passar do presencial para o remoto, em um cenário envolvendo saúde pública, principalmente com o momento que estamos vivendo hoje?

Silvio Costa


Os maiores desafios que eu vejo são de infraestrutura tecnológica, ambiente ergonômico adequado nas residências e principalmente, se tratando do problema atual, o impacto econômico nos negócios como um todo.

Mateus Castro

Como que a Fleeg está trabalhando remotamente a proximidade dos seus Colaboradores? Basicamente, como vocês estão estimulando a colaboração e comunicação entre as pessoas do time?

Silvio Costa


Através de ferramentas que valorizam a interação e comunicação, tanto para a gestão das atividades, quanto para as vendas e reuniões remotas.

Mateus Castro


Quais tecnologias estão ajudando a Fleeg no desenvolvimento dessas atividades?

Silvio Costa

Atualmente estamos rodando sobre a plataforma no PerformaHome, que entrega a gestão de todas as atividades no Kanban da plataforma Artia.

Todo o processo de Marketing e Vendas são executados na própria plataforma Fleeg e para a nossa comunicação, estamos usando a tecnologia opensource.

Mateus Castro


Como vocês estão acompanhando o progresso das demandas?

Silvio Costa

Estamos acompanhando o progresso das demandas através do PerformaHome, que roda o software de gestão de projetos como o Artia, além de ser possível de integrar com o nosso software Fleeg e o Matrix.

Mateus Castro

Gostaria que você passasse uma mensagem final para todos sobre o assunto.
Na sua opinião, qual é a responsabilidade das Empresas e Consumidores em reduzir os impactos dessa situação?

Silvio Costa

Primeiramente, nós temos uma imensa responsabilidade com a saúde das pessoas. Em segundo lugar, precisamos manter a produtividade, as negociações comerciais e fazer tudo o que pudermos para melhorar essa situação.

Podemos reduzir os impactos dessa situação compartilhando tecnologia, ferramentas ou processos (sem custo), para que a comunidade consiga executar as suas atividades da melhor maneira possível.

Entendemos que o impacto financeiro é inevitável, mas temos a responsabilidade, como empreendedores, de minimizar e transformar essa experiência assustadora em um grande aprendizado. Isso fará com que a gente saia dessa situação muito melhor do que entramos.

Quebrando paradigmas, extrapolando barreiras físicas e trazendo benefícios para a comunidade por meio da tecnologia.

Esse foi o ponto de vista o Silvio Costa, CEO da Fleeg. Unir forças e compartilhar as boas práticas é a postura que ele tem adotado.

O modelo de gestão a distância é uma novidade não apenas para a Fleeg, mas também para outras empresas dos mais diversos segmentos.

Com a mesma postura e preocupação que o Silvio, a Kmaleon está com uma série com entrevistas com profissionais de diferentes segmentos, com o objetivo de compartilhar ações, metodologias e processos que outras empresas têm adotado. Confira as entrevistas que já fizemos a seguir:

E saiba como contornar a crise do COVID-19

Inscreva-se na nossa Newsletter para receber semanalmente Dicas de Ferramentas, Estratégias, Entrevistas e Artigos com informações focados em visões de Negócios. Basta preencher o formulário abaixo e pronto.

Obrigada e até a próxima

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.