Aumente suas vendas através dos Marketplaces

Os Marketplaces são uma excelente forma de você começar a vender online sem que haja necessidade de realizar um trabalho forte de visibilidade da sua marca. Dentre as vantagens de utilizar esse canal é usufruir da força de uma marca já consolidada no mercado.

Estamos vivendo de fato um momento de redução de custos na maioria das empresas! Os investimentos estão sendo revisados e as prioridades estão sendo reorganizadas.

Em toda grande crise, como a que estamos vivendo, as áreas de marketing são sempre muito afetadas. As grandes, médias e pequenas empresas olham para esse investimento como o primeiro a ser revisto.

Segundo dados do próprio Facebook, os investimentos em anúncios caíram até 40% em média na rede social devido aos impactos econômicos sofrido pelas empresas. Certamente esse corte em distribuição impactará no resultado de vendas de muitos negócios.

Por isso, o Marketplace surge como uma alternativa aos empreendedores para começar ou trabalhar com as vendas online. Para que você compreenda a oportunidade que existe neste canal, entenda como ele funciona.

O que é o Marketplace?

Fonte: Freepik

O Marketplace é uma plataforma online onde vários fornecedores podem expor os seus produtos, como por exemplo o Walmart, Netshoes, Americanas, Amazon, entre outras grandes marcas.
Tem uma analogia sobre Marketplace que facilita muita a compreensão sobre o seu funcionamento. Compare as Lojas virtuais a uma loja de rua, onde o dono dessa loja terá que investir para fazer com que as pessoas saiam das suas casas para ir até lá.

Por isso, a estratégia de Marketing dessa loja de rua tem que ser muito convincente e bem estruturada para motivar que a sua audiência compre dele. Dessa forma, se uma loja virtual quer de fato sobreviver, ela tem que cuidar e trabalhar de forma muito efetiva a distribuição e o gatilho de venda.

Em contrapartida, pense no Marketplace como uma loja em um shopping.

As pessoas vão até o shopping como uma forma de entretenimento, ou seja, o próprio shopping já traz pessoas para essa estrutura. Portanto, os varejistas que comercializam produtos em Marketplaces são beneficiados por já receber um grande volume de visitantes olhando e desejando o seu produto.

O mais interessante é que, você não precisa apenas trabalhar apenas com 1 marketplace, você pode trabalhar com quantos você quiser! Em quantos mais opções de marketplaces você estiver, maiores serão as suas chances de vender e não sofrer grandes impactos financeiros.

Quanto menos anúncios, menos vendas? Não necessariamente!

Fonte: Freepik

Uma opção para diminuir o impacto na queda de faturamento, como consequência do menor investimento em anúncios, são os marketplaces. Esses canais são na grande maioria das vezes remunerados pelo sucesso na venda, através de uma comissão previamente combinada.

Em média os Marketplaces trabalham com taxas entre 10% a 16%. Como eles já possuem muita audiência, alguns deles estão entre os E-commerces com maior número de acesso no brasil, como é o caso do mercado livre e americanas.com, a demanda pela busca dos seus produtos certamente já existe também.

O desafio é estar bem posicionado e ter bons preços, além de trazer a maior quantidade de produtos para serem ofertados nesses canais.

Uma alternativa aos empreendedores que querem melhorar o resultado de venda, é trabalhar com plataformas tecnológicas que permitam a integração de diferentes marketplaces, facilitando a administração e controle de estoque dos produtos cadastrados.

Ferramentas para integrar Marketplaces

Fonte: Freepik

Para ganhar ainda mais produtividade nessa integração, surgem os HUBs, ferramentas que conectam o seu catálogo de produtos, seja ele da sua loja virtual ou de seu sistema de gestão, diretamente nas vitrines dos principais marketplaces, em apenas um clique.

Dessa forma você ganha agilidade na divulgação dos seus produtos, produtividade na gestão dos pedidos, pois será centralizada, independente de qualquer marketplace onde essa venda aconteça.

Em momentos como esse quanto maior a oferta de produtos e quanto maior a quantidade de canais onde esse produto está ofertado melhor. Não crie restrições, principalmente para novos marketplaces, eles podem ser canais importantes e na soma de todos eles, você pode minimizar a retração das suas vendas.

Você pode consultar quais são os softwares que te entregam essa solução comparando e consultando em plataformas de reputação como a da Kmaleon. Isso certamente te ajudará no processo de escolha e trará benefícios nas vendas dos seus produtos.